Lançamento previsto para final de outubro.

Nesta manhã de domingo, dia 25 de setembro, foi iniciada a pré-venda de “As Egocêntricas Maldições de Souichi” na Amazon. Está com 30% de desconto,  saindo por R$ 58,00. Oferta válida até dia 25/10. A obra será lançada pela Pipoca & Nanquim no final de outubro/2022. A editora fez um vídeo a respeito dela.

As Egocêntricas Maldições de Souichi (Volume Único) [ESTREIA]
Detalhes da edição: 15,5 x 22 cm, capa cartonada, sobrecapa com verniz localizado, miolo em papel Pólen Bold, 420 páginas e vem com marcador de página de brinde
Preço: R$ 82,90
Amazon

Sinopse: “Souichi é um dos personagens mais famosos de Junji Ito, o mestre dos mangás de horror, com histórias recheadas de terror paranormal e bom humor, e agora ele finalmente chega ao Brasil pela editora Pipoca e Nanquim, em um caprichado e divertidíssimo volume! Souichi Tsujii, um garoto antissocial, é apaixonado por tudo que há de perverso e oculto e se diverte com o seu suposto poder de lançar perigosas maldições em qualquer oportunidade, principalmente ao ser contrariado! E quando seus primos Michina e Yusuke começam a frequentar sua casa nas férias, ele ganha novos alvos para atormentar. Por trás de seu olhar sinistro e do estranho hábito de andar com pregos na boca, há um menino sedento por atenção… que também se aproveita dos sentimentos sombrios que brotam no coração alheio. Mas, como qualquer criança, se atrapalha de vez em quando e gera situações tão constrangedoras quanto hilárias! A série As Egocêntricas Maldições de Souichi foi publicada no Japão originalmente em dez capítulos na revista Halloween, pela antiga editora Asahi Sonorama, atualmente Asahi Shimbun, entre 1991 e 1995, e encadernada pela primeira vez em 2002. A edição nacional tem papel pólen bold de alta gramatura, em miolo com acabamento colado e costurado, para garantir o melhor manuseio das páginas, sobrecapa com verniz localizado, e vem acompanhada um marcador de página exclusivo. Imperdível para os colecionadores da obra de Junji Ito!”

Mais imagens (via Pipoca & Nanquim):

Autor

Deixe um comentário