Saiba como anda a sua publicação e nossas opiniões a respeito da obra.

No dia 28 de maio, a editora JBC anunciou em uma live do O Megascópio para o JBC Festa, “Final Fantasy: Lost Stranger”. Nesta postagem mostraremos como está a sua publicação pelo mundo e nossas opiniões sobre o mangá.

Sinopse: “O mangá segue um funcionário da Square Enix, que é atropelado por um caminhão junto com sua irmã e os dois são transportados para o mundo de Final Fantasy.”


Final Fantasy: Lost Stranger

Japão

“Final Fantasy: Lost Stranger” (ファイナルファンタジー ロスト・ストレンジャー) é escrito por Hazuki Minase e ilustrado por Itsuki Kameya. É publicado na revista Shounen Gangan da editora Square Enix desde 2017. O mangá está em andamento com 7 volumes.


França

A obra é publicada pela editora Mana Books desde abril de 2018. O sétimo volume foi lançado no dia 01/07.


Espanha

O mangá sai pela Norma Editorial desde maio/2019. O volume 4 foi lançado em maio.


Estados Unidos

A editora Yen Press publica a obra desde agosto de 2018. Foram lançados cinco volumes até o momento. O sexto está previsto para agosto.

Frente e verso dos volumes 1 e 5.

Itália

O mangá é publicado pela J-POP desde setembro de 2018, sendo lançados 5 volumes até agora.

Frente e verso do volume 1 e volume 5.

Alemanha

A Carlsen Manga publica o mangá no país desde julho/2019, sendo lançados cinco volumes até agora. O 6 está previsto para setembro.

Volume 1 e volume 5 (frente e verso).

Opiniões

DÉBORA: Esse parece ser legal. Talvez eu dê uma chance por ainda não ser muito longo.

ALÊ: Eu não ia adquirir a obra, mas o Netto (@Jo_netto) me convenceu a dar uma chance. A arte é bonita e vou tentar experimentar. Não sei se irei adquirir no lançamento. Todavia, devo comprar ao menos o volume 1 em algum momento.

KAIO: Bom, honestamente não tenho preconceito com isekai, sempre vai ter algum que vai ser legal de assistir ou ler. Então temos aqui mais um que foi abençoado pelo Truck-kun só que o protagonista não vai para um mundo genérico e sim um de Final Fantasy, mais especificamente o do 14. Mesmo que a história do mangá não tenha muita coisa a ver com o jogo, só por ser no mundo do 14, o Final Fantasy que mais quero jogar, já me deixa bem interessado. Vai ser legal ver o protagonista conhecendo esse mundo que ele tanto adora. Bem, no geral parece ser uma história com um potencial legal e que tenho interesse em conhecer. Vou deixar para adquirir em um momento no futuro.

Autor

Deixe um comentário