Confira :)

No dia 28 de outubro de 2021, a editora NewPOP anunciou em uma live, Umibe no Étranger. Ele será um dos primeiros lançamentos de 2022. O mangá recebeu uma adaptação em filme animado em setembro/2020. No Brasil, o filme está disponível na Funimation sob o título “The Stranger by the Shore”. Nesta postagem veremos onde a obra foi ou será publicada (até onde temos informação até a data da publicação desse post). No final daremos nossa opinião a respeito sobre o título.

Sinopse: “Três anos atrás, Hashimoto Shun, um aspirante a escritor, conheceu Chibana Mio, um estudante muito quieto do ensino médio, em Okinawa. Mio havia perdido os pais e muitas vezes era visto sentado em um banco até muito tarde, olhando o mar, perto da casa de Shun. Eles foram se aproximando lentamente um do outro, mas Mio de repente teve que deixar a ilha para continuar seus estudos … Três anos depois, Mio retorna a Okinawa: “Tenho pensado muito nos últimos três anos … Mesmo que ele também seja um homem, eu amo Shun.” Será que esses dois finalmente conseguirão dar um passo juntos?”

Umibe no Étranger

Japão

“Umibe no Étranger” (海辺のエトランゼ) é de autoria de Kanna Kii. Foi publicado na revista onBLUE da editora Shodensha entre 2013 e 2014. Seus capítulos foram compilados em único volume.


Espanha

A obra foi publicada pela editora Milky Way Ediciones em maio/2017. O título foi traduzido como “Un extraño a la orilla del mar”.


Polônia

A editora Studio JG publicou o mangá sob o título “Nieznajomy na plaży”. A edição polonesa saiu em maio de 2018.


Estados Unidos

Nos Estados Unidos, ele estava disponível em ebook (The Stranger by the Beach) pela Renta! entre 2016 e agosto/2020. Em dezembro de 2020, a editora Seven Seas anunciou a obra nos formatos impresso e digital. Ela vai publicar tanto esse volume único quanto a continuação da obra (Harukaze no Étranger, em andamento com 4 volumes) com o título “Seaside Stranger”. O primeiro volume da coleção foi lançado em julho/2021.


França

A editora Boy’s Love publicou a obra pela Hana Collection (ela se tornou uma editora no ano passado, a Editions Hana) em setembro de 2016. Por lá, ela é conhecida como “L’Etranger de la plage”.


Itália

O mangá foi publicado pela editora Flashbook Edizioni em abril/2018. A editora manteve o título original.


Alemanha

A editora TOKYOPOP publicou a obra em janeiro de 2016, sob o título “Ein Fremder am Strand”.


Argentina

Uma semana antes da editora NewPOP anunciar a obra, no dia 21 de outubro de 2021, a editora Ivrea anunciou que a publicará no país por meio de uma live em seu canal do YouTube.


Vietnã

Foi publicado pela editora Amak em afiliação com a editora NXB Hà Nội (Hanoi Publishing House) em fevereiro/2021. Ele saiu com o título “Người lạ bên bờ biển” e em duas versões: uma regular e uma edição especial (com marcador, cartão postal, adesivos, standee pop up e pôster). A editora fez um unboxing da edição especial. Posteriormente, a editora lançou um boxset limitado (edição especial do mangá + um standee de acrílico).


Taiwan

O mangá foi lançado pela editora Tong Li Publishing em abril de 2015. Por lá, ele é atende ao título “海邊的陌生人”.


Coreia do Sul

Na Coreia do Sul, a editora 현대지능개발사 (segundo o Google tradutor, algo como “Hyundai Intelligent Development Co.”) publicou a obra em 2015. Por lá, ela é conhecida como “해변의 에트랑제”.


Tailândia

Na Tailândia, o mangá foi publicado pela editora Bongkoch Publishing em 2017. Saiu com o título “ให้ทะเลโอบใจ”.


Opiniões

ALÊ: Esse mangá eu li nesse ano e é muito bom! Preciso assistir o filme ainda e vou ver se consigo escrever a review dele até próximo do lançamento do mangá no Brasil. Torço muito para que venda bem e que mais obras da autora, incluindo sua continuação, venham para o Brasil. Espero que essa seja a primeira de mais obras da revista onBlue (onde Umibe foi publicado) a virem para cá, visto que a revista tem títulos excelentes entre os que eu li. Mesmo aqueles que não conheço, vários tem potencial, com capas lindas e que aparentam ter narrativas chamativas. Antes que eu esqueça, “Umibe no Étranger” é uma excelente pedida para o caso de você nunca ter consumido um BL ou ter lido poucos da demografia.

Autor

Deixe um comentário