Uma já foi publicada mundo afora, a outra ainda vai dar os primeiros passos fora de seu país de origem.

Uma já foi publicada mundo afora, a outra ainda vai dar os primeiros passos fora de seu país de origem.

Nesta noite de quinta-feira (09/04/2020), a editora NewPOP realizou uma live em seu canal de YouTube. Nesta, a editora anunciou o relançamento de “A Voz do Silêncio” (leia aqui), mangá de grande sucesso aqui e no mundo e o manhwa (quadrinho coreano) de “Solo Leveling” (leia aqui), obra de grande sucesso, que possui uma fanbase enorme!

O relançamento de A Voz do Silêncio já era algo de se imaginar, visto que a editora no ano passado havia, informado que não haveriam mais reimpressões para o mangá, mas que teríamos novidades para o mangá no futuro. Enquanto Solo Leveling foi uma surpresa e uma não surpresa ao mesmo tempo. Já era de se imaginar que o mangá seria publicado por aqui em algum momento, mas não AGORA! Eu até comentei no post de apostas para o NewPOP Day (leia aqui) alguns dos fatores que faziam eu ter essa opinião, mas não é que veio? A parte de ser uma não surpresa é devido a popularidade da obra que é MUITO alta.

Enfim, vamos ver os países onde essas obras foram, estão, ou vão ser publicados ^^.Ah sim, Solo Leveling e o relançamento de A Voz do Silêncio foram palpites do @PapoNerdCE. O @BBMangas também palpitou o relançamento da obra e ainda o fanbook da série.


A Voz do Silêncio

Japão:

Comecemos por onde a obra nasceu, nas terras nipônicas. O mangá encontrou suas dificuldades para conseguir ser publicado devido a sua temática. Tudo começou lá em 2008 quando a autora, Yoshitoki Oima, fez uma oneshot que ganhou o primeiro lugar no concurso “Best Rookie Manga”. Mas por causa da temática do material, ele teve sua publicação negada (tentaram cancelar a autora!), A autora então, entrou com um processo judicial e após anos a oneshot pôde ser publicada em fevereiro de 2011 na Shounen Magazine, onde a história também conseguiu o primeiro lugar. Dois anos depois, em 2013, o mangá começou a ser serializado, sendo concluído em 2014 com um total de 7 volumes. Em 2014, com a publicação do último capítulo da obra, uma adaptação para anime foi anunciada e que seria um filme. O filme foi lançado em 2016 e contou com a animação da Kyoto Animation, se tornando um dos filmes mais famosos e adorados do ano.

Fonte: BBM


França:

Na gigante do mercado de quadrinhos, o mangá chegou pela editora Ki-oon, com o anúncio da obra em meados 2014. A publicação começou em janeiro de 2015, seguindo com periodicidade bimestral até a publicação do quarto volume, lançado em setembro daquele mesmo ano. O volume cinco só foi aparecer três meses depois, em outubro. O sexto volume foi lançado em janeiro de 2016 e seu sétimo (e último volume) foi lançado em abril daquele ano. No final do ano seguinte, em novembro, a obra ganhou um box juntando os sete volumes na caixa.


Itália:

Na Itália, o mangá foi publicado pela editora Star Comics. O mangá teve seu primeiro tomo lançado em maio de 2015. O segundo volume foi publicado em julho do mesmo e, a partir dali, a obra foi publicada de forma mensal, até sua conclusão em dezembro daquele mesmo ano. Quase dois anos depois, em outubro de 2017, a editora publicou um box reunindo os sete volumes publicados.


Alemanha:

Na Alemanha, a publicação começou mais tardia do que seus vizinhos europeus. Por lá, o mangá foi publicado pela editora Egmont Manga. O volume um foi lançado em julho de 2016 e seguiu sendo publicada de forma bimestral até o sexto volume, lançado em março de 2017. O sétimo volume só foi publicado em junho de 2017.


Espanha:

Na Espanha, o mangá foi publicado pela editora Milky Way. A editora anunciou o mangá em dezembro de 2014. A publicação teve seu início em fevereiro de 2015 e terminou em fevereiro de 2016. Sua periodicidade foi bimestral do começo ao fim :).


Polônia:

Na Polônia, o mangá chegou pela editora Kotori. A publicação da obra foi bem irregular. O primeiro tomo foi lançado em abril de 2017 e o segundo em junho. O terceiro, porém, só foi publicado cinco meses depois, em novembro. Já o quarto tomo foi publicado em janeiro de 2018. Os volumes cinco, seis e sete só foram lançados em março, junho e agosto, respectivamente.


Estados Unidos:

Chegando no continente americano, nos Estados Unidos a obra foi publicada pela editora Kodansha Comics, tendo seu primeiro volume lançado em maio de 2015, seguindo com periodicidade bimestral até o quinto volume, lançado em janeiro de 2016. O volume seis foi publicado três meses depois, em abril e o último volume saiu em maio. Em dezembro de 2017, a editora lançou um box reunindo os 7 volumes da obra.


México:

No México, o mangá chegou pela filial da Panini do país. O título começou sua publicação em março de 2018 e seguiu sendo publicado de forma bimestral do começo ao fim, sendo concluído em março de 2018.


Argentina:

No país vizinho, o mangá foi publicado pela editora Ivrea entre setembro de 2017 e setembro de 2018, com periodicidade bimestral. No mês de finalização da série, a obra ganhou um box reunindo os sete volumes.


Brasil:

Não poderíamos finalizar a parte de “A Voz do Silêncio”, sem falar do Brasil. Por aqui, a obra foi anunciada pela editora NewPOP em janeiro de 2017, tendo sua publicação iniciada em abril daquele ano. A obra seguiu de forma bimestral até o volume 3, lançado em agosto. Após isso, a obra atrasou e o quarto volume só foi lançado em dezembro. O volume cinco apareceu no mês seguinte, em janeiro de 2018, seguindo novamente como bimestral e sendo concluído em meio daquele ano.

A termos de curiosidade, na Argentina, foi usado o título “Koe no Katachi”, com o subtítulo de “Una Voz Silenciosa”. Apenas o Brasil e a Polônia traduziram o título para o idioma local. Os demais países usaram o nome internacional da obra, “A Silent Voice”.


Sobre a nova edição nacional, ela virá em um formato especial reunindo dois volumes em um único tomo. A obra virá em capa dura, no papel couchê (acredito/espero que seja o couchê-brilho) e incluirá páginas coloridas. No quarto e último volume, será incluso o fanbook da série, que inclui a oneshot que deu origem ao mangá e diversos materiais inéditos. O preço e outros detalhes serão dados no futuro, mas a obra deve ser um dos próximos lançamentos da editora.

ALÊ: De minha parte, eu não sei se irei adquirir essa nova edição. Eu possuo a edição antiga, porém, o fanbook e todo o acabamento especial chama a minha atenção. Talvez eu possa ir adquirindo a nova edição aos poucos, de forma mais espaçada, ainda mais que deve ter um preço mais elevado. Acredito que virá em um valor próximo ao dos mangás do selo PRIME. Posso estar errado, mas já estou pensando em preços nessa casa. Se for mais barato, é lucro hahaha.

RUB: vou comprar esse edição com certeza. Gosto do original e como não colecionei a 1ª edição, esse novo lançamento chamou a minha atenção.


Solo Leveling

Coréia do Sul:

No país de origem, “Solo Leveling” nasceu originalmente como uma série de livros escrita por Chu-Gong, que começou a ser publicada em fevereiro de 2015, sendo concluída em outubro de 2018 com 270 capítulos que posteriormente, renderam 14 volumes. Em abril de 2018, o seu manhwa começou a ser publicado no site KakaoPage, estando atualmente com 96 capítulos e sendo atualizado semanalmente. O mesmo é desenhado pelos artistas Gi So-Ryeong e Jang Sung-Rak. Uma versão impressa começou a ser publicada em setembro de 2019 e seu segundo volume foi publicado em janeiro deste ano.


Japão:

No Japão o manhwa está sendo publicado pela editora Kadokawa. Os dois primeiros volumes foram lançados no dia 21 de dezembro de 2019. Ou seja, já encostaram com a edição coreana.


Alemanha:

Na Alemanha, a obra foi anunciada em meados de 2019 pela editora Altraverse e possuía previsão de início de publicação para julho desse ano. Porém, devido à COVID-19, as publicações estão sendo pausadas, outras atrasadas, então é muito provável que seja alterada essa data.


Até onde eu sei, esses são os locais onde o título é publicado/foi anunciado. Como eu disse lá no começo do post, ele está começando a dar seus primeiros passos para além de seu país de origem. Imagino que em breve, outros países começaram a anunciar o manhwa ^^. Tanto que, ano passado haviam boatos de que alguma editora francesa estava de posse da licença da obra. Então deve mudar logo, logo.


Sobre a nossa edição, quase nada foi dito, mas ela será totalmente colorida, assim como no original e o formato deve ser bem semelhante. Detalhes da edição ainda estão sendo vistos pela editora. O papel tem que ser muito bem escolhido para pensar no custo-benefício.

ALÊ: De minha parte, eu passo longe (a não ser que a NewPOP queira nos mandar um volume ;). Querida, você sabe onde me achar hahaha). Eu dei uma lida nos capítulos iniciais e bom, eu achei bem ruim (prevejo fãs me atacando). Achei vazia e forçada em alguns aspectos, então não. Ainda mais que a edição disso deve ser cara, MUITO CARA MESMO, tipo uns 50 reais no MÍNIMO! Mas sinceramente, eu espero de todo coração que seja um sucesso (tenho quase certeza que será), trará verba para a NewPOP publicar mais outros títulos (e viabilizar reimpressões de outras séries). Mas principalmente, abrirá caminho para a editora trazer séries melhores. Manhwas BLs, eu estou de olho em vocês!!!! *_*.

RUB: também dispenso. Protagonista e história com cara de edgy genérico, já vou fugindo de lá.

Autor

2 thoughts on “A publicação de “A Voz do Silêncio” e de “Solo Leveling” pelo mundo

Deixe um comentário