Próximos lançamentos da editora, processo de aprovação e outras informações.

Boa noite ^^ . Hoje, dia 22/02, tivemos mais um JBC Bits com os próximos lançamentos da editora, como funciona o processo de aprovação e outras informações.

Pré-vendas

  • Haikyu!! #3 (BIG);
  • Soul Eater Perfect Edition #1;
  • InuYasha Wideban #2;
  • Cavaleiros do Zodíaco – The Lost Canvas #24 e #25;
  • Hokuto no Ken #13;
  • Shaman King #2 (BIG);
  • Blue Exorcist #25 e #26;
  • Chi’s Sweet Home #4;
  • Blackout #1 e #2;
  • Héros Américains;
  • Platinum End #13 e #14;
  • Overlord #9 e #10 (mangá);
  • Death Note Black Edition #1; #2; #3; #4; #5 e #6;
  • Edens Zero #14 e #15;

Atualizações

  • Digitais lançados recentemente: Edens Zero #179, Tokyo Revengers #227, #228 e #229 e The Ghost in the Shell – The Human Algorithm #31, #32 e #33;
  • Estão em pré-venda (ebook): Héros Américains e Blackout #1 e #2;
  • A Princesa e o Cavaleiro #2 (final); Kamen Rider Kuuga #2 (BIG); Dead Dead Demon’s Dededede Destruction #3; Ultraman #15 e #16; UQ Holder! #23 e #24; Final Fantasy: Lost Stranger #1 (confira a capa nacional a seguir); Fullmetal Alchemist #19 e #20; Hunter x Hunter #27 e #28; Silver Spoon #3 e #4; That Time I Got Reincarnated As A Slime #11 e #12 estão na gráfica;
  • Estão chegando nas lojas: Overlord #9 e #10 (mangá) e Ping Pong #2 (final);
  • :REverSAL (BIG); Nekogahara #1; Haikyu!! #4 (BIG); Fruits Basket #10; Shaman King #3 (BIG) e My Hero Academia #31 e #32 estão em aprovação;

Imagens via Editora JBC.


Aprovações

  • Ela deu uma explicação de como funcionam as aprovações de projetos especiais para o público entender como acontece e porque muitas vezes a editora não consegue cravar uma data certa;
  • A editora disse que nesses casos, não são apenas as editoras que pegam o material para aprovação. Os materiais também passam pelas agências e estúdios desses autores. Eles tendem a serem mais exigentes com os mínimos detalhes;
  • JBC manda primeiro o arquivo digital para a licenciante. Quando a editora consegue a aprovação, ela tem que tirar uma pré-impressão. Manda para um estúdio imprimir praticamente a edição final para ser enviada para o Japão e os responsáveis pela obra fazem uma verificação detalhada do material impresso;
  • Sobre Nausicaä do Vale do Vento, a JBC disse que ele tem um tipo de papel com uma textura e coloração específicas. Eles precisaram aprovar o papel e depois a tinta que será usada na impressão das páginas. A editora mandou os arquivos digitais primeiro. Quando conseguiu aprovação deles, ela precisou mandar provas impressas para verem como ficou. A JBC fez esse processo, pediram alguns ajustes no miolo e agora a editora precisa mandar um novo lote de provas impressas para o Japão de novo;
  • A JBC comentou que esse processo também vale para Sailor Moon Eternal Edition. Disseram que existem alguns degradês nas primeiras páginas coloridas e que passaram um bom tempo ajustando isso. Fizeram aprovação dos arquivos digitais, mandaram a primeira leva de provas físicas, pediram algumas alterações, a editora arrumou e depois aprovaram. Agora a editora precisa enviar mais um lote de provas de cor para o Japão. Disseram que isso pode acontecer ainda várias vezes até aprovarem tudo em definitivo;
  • Existem outros títulos que são um pouco mais complicados, mas por conta de suas aprovações serem diferentes. Deram Haikyu!! como exemplo. Nesse caso, eles estão aprovando tudo (capas, lombada e página por página);
  • Fruits Basket também é dessa forma. Até o volume 8 mais ou menos, a editora japonesa só estava aprovando as capas (sobrecapa e capas internas) e as páginas coloridas. Mas agora querem ver todas as páginas. Também exigem que a proporção da altura dos personagens na capa seja mais próxima da referência ao que está na história. Querem emular a altura de cada um nas capas;
  • Evangelion – Edição de Colecionador: parece que terá uma aprovação mais tranquila. Estão pedindo aprovação de capa (sobrecapa + capas internas) e das páginas coloridas. Os brindes inclusos na edição japonesa são exclusivos do Japão. O autor não quer que esses brindes saiam de lá de forma alguma. A JBC vai criar brindes exclusivos para a edição nacional;
  • Sobre Dragon Quest, a editora tentou aprovar as 5 primeiras capas com o título Dragon Quest: As Aventuras de Dai, mas a primeira coisa que a licenciante pediu foi para utilizar o título internacional “Dragon Quest: The Adventures of Dai“. Segundo a editora, a licenciante quer padronizar o título fora do Japão. Inicialmente, pediram para aprovarem as 5 primeiras capas de uma vez e ir fazendo esse processo de 5 em 5. Porém agora querem que mandem para aprovar as 25 capas de uma só vez. A JBC vai produzir as outras 20 capas e mandar tudo;
  • Comentaram também sobre Buda. A editora queria fugir de todos os modelos que já existiam no mundo e criar algo próprio desde o início. Ela pediu imagens para a Tezuka Productions e mandaram essas que foram usadas na edição da JBC (confira aqui). O problema é que elas eram de duas coleções distintas lançadas em anos diferentes. Como ela precisava criar uma unidade, a editora criou um projeto usado nas sobrecapas e capas internas. A JBC disse que aproveitou ao máximo as imagens disponibilizadas.

Outras informações

  • A editora comentou que seus títulos voltaram a entrar normalmente na Amazon;
  • A JBC vai falar mais sobre Final Fantasy: Lost Stranger no próximo JBC Bits;
  • Vão mostrar My Broken Mariko no JBC Bits da próxima semana;
  • Comentaram sobre a tragédia em Petrópolis (Rio de Janeiro) e em especial, o caso do Alessandro do Ministério dos Quadrinhos que perdeu a casa e sua família. Divulgaram a campanha que está sendo feita para quem quiser e puder ajudar (informações aqui);

E foi isso. Até semana que vem 🙂 . Segue a thread com a cobertura do Alexsander.

Autor

Deixe um comentário