Quais foram minhas compras na livraria francesa nesses últimos meses?

Quais foram minhas compras na livraria francesa nesses últimos meses?

Já comentamos dela aqui uma vez, mas para quem não conhece, a Lireka é uma livraria francesa que foi criada no final de 2021 e tem a proposta de tornar mais acessível a compra de livros em francês para os leitores francófonos ao redor do mundo. Para isso, a livraria oferta entregas com frete grátis para todo o mundo. Em relação ao primeiro post que fizemos sobre a livraria, a maior ‘novidade’ é que agora eles exigem um valor mínimo para as compras realizadas. Esse valor varia muito de acordo com a cotação do euro. O máximo que já vi pedirem por valor mínimo foi de R$ 464,00 reais e o menor valor, R$ 405,00 reais. Tirando isso, todo o post que fizemos quanto à pedidos, embalagens, entregas, organização, barra de procura, dentre outras informações, seguem valendo ^^.

Essa postagem está sendo baseado em uma que o Biblioteca Brasileira de Mangás fez tempos atrás. Achei interessante e resolvi trazer para o blog também. Já falamos do que compramos no Twitter e às vezes postamos o que chega no TikTok, porém não são todos os que veem. Então por que não comentar aqui também, de uma forma mais centralizada?

E antes de começar, irei dividir a postagem por editora. Como compro “muita coisa” das mesmas editoras, creio que fica mais fácil organizar dessa forma. Além disso, os mangás apresentados aqui são de compras feitas entre meados de Novembro de 2021 e o final de Fevereiro. A ideia é de tempos em tempos, comentar um pouco sobre os títulos que comprei na livraria 🙂


Akata

Periodicamente comento sobre meu favoritismo pela Éditions Akata, uma das editoras em ascensão no mercado francês. O grande destaque da editora para mim (e daí o motivo do meu amor) é o grande destaque por mangás Shoujo e Josei que ela dá. Sempre dando um enfoque a essas duas demografias, ressaltando sempre que possível que elas vendem sim, diferente do que é dito e repetido por aí tanto no nosso mercado nacional quanto no francês. Todas as compras que fiz na Lireka de Novembro para cá, tinham pelo menos uma obra da editora. Mostrarei um pouco de cada uma delas.

  • A sign of affection #4 – continuo com a minha coleção de “A sign”. Essa é uma das poucas obras que estou me esforçando para continuar comprando. Temos postagem falando da história dele aqui no blog e ele é um dos meus shoujos favoritos do momento;
  • You’ve gotta love song – um Josei em volume único da maravilhosa Akane Torikai. Ela é uma autora bem experimental, sempre trabalhando em suas obras com o ser humano, seus sentimentos e complexidades. Eu gosto bastante dessa característica e é bem marcante. A obra é uma coletânea de quatro contos;
  • Perfect World #1 – comprei o volume #1 dele antes da NewPOP o anunciar no Brasil. Devemos falar mais de sua narrativa agora em Março, mas resumo: é um Josei que tem como um dos protagonistas uma pessoa com deficiência, e acompanhamos o desenrolar da relação dos personagens em meio a problemáticas da sociedade com essas pessoas;

Kana e Komikku

Da Kana e da Komikku, eu só comprei uma obra de cada de Novembro para cá. No caso da Komikku, eu já havia comprado o volume #1 de “Faraway Paladin”, então é meu 2º volume da editora. No caso da Kana, é a primeiro mangá que compro deles.

  • Comme les autres #1 – esse é um Shoujo que eu não conhecia. Me deparei com ele na Lireka enquanto procurava por obras interessantes, li a sinopse e achei interessante. Na história, vamos acompanhar um garoto com deficiência auditiva que é muito fechado nas suas relações e uma garota que se mudou para Tokyo recentemente e que acaba se apaixonando por esse jovem. Por mais que não sejam o foco na narrativa, acho legal terem mangás que se propõem a ter personagens com deficiência, sendo importante essa representação. As capas são lindas também;
  • Goodbye my Rose Garden #1 – eu fiz postagem no blog. É um yuri maravilhoso, com uma arte deslumbrante e uma história deveras envolvente. Ele é completo em 3 volumes. Eu pretendo fechar a coleção dele em algum momento no futuro. Quando? Não tenho nem ideia, rs. Nota do revisor: Goodbye my Rose Garden também recomendo. Mangá maravilhoso.

Pika, Ki-oon e Kurokawa

Para a Pika, Ki-oon e Kurokwa, eu adquiri meus primeiros 2 volumes dessas três editoras:

  • Yona la princesse de l’aube #1 e #2 (pack découverte) – é bem comum que editoras francesas façam packs de 2 volumes pelo preço de 1, ou até 3 volumes pelo preço de 1, dado que eles não podem dar descontos (é proibido por lei), sendo essa uma oportunidade para novos leitores se aventurarem em alguma obra da editora. No começo de Janeiro, a Pika lançou um desses packs para “Yona” e aproveitei para adquirir um deles. “Yona” dispensa apresentações, porém creio que devo falar mais desse começo do mangá aqui no blog eventualmente;
  • Le Requiem du Roi des Roses #1 e #2comentamos dele aqui no blog também. Resolvi tentar fazer a coleção dele, porque o anime foi um horror completo. Se antes eu achava difícil a obra ser lançada aqui dada a quantidade de volumes, agora com esse desastre da adaptação se tornou impossível. Daí a minha decisão de tentar colecionar a edição francesa. São 17 volumes no total. Eu tenho esses 2 primeiros e já comprei os 2 próximos. Espero conseguir tudo de pouco em pouco. Minha única tristeza com essa edição é o “Seinen” estampado na capa, sendo que é um mangá Shoujo;
  • Oshi no Ko #1 e #2 – finalmente tenho um mangá da minha autora favorita em mãos! Tudo bem que não é exclusivamente dela, mas já está servindo. “Oshi no Ko” é um mangá de Aka Akasaka, mesmo autor de “Kaguya-sama” e Mengo Yokoyari, vulgo autora de “Kuzu no Honkai” e minha favorita. Quis comprar “Oshi no Ko” tanto por ser um mangá que gosto (embora provavelmente ele deva ser lançado no futuro por aqui) como pela ansiedade de ter uma obra dessa autora em mãos. Em Junho, se não atrasar, “Kuzu no Honkai” começará a ser publicado na França pela Noeve Grafx (que falaremos logo mais). Vou querer comprar com certeza e por querer ter algo de Mengo Yokoyari na coleção <3 ;

Taifu Comics e Éditions Hana

Tanto a Hana, como a Taifu Comics são conhecidas na França por serem editoras quase que exclusivas para a publicação de BLs no país. A Taifu tem uma repartição para lançar Yuris e GLs. De cada uma dessas editoras, eu tenho 1 BL:

  • FANGS #1 – já era para ter post dele aqui no blog, mas sempre acontece um imprevisto que faz eu passar para o mês seguinte. Por ora, a previsão de postagem sobre ele é para Abril/22. FANGS é um BL sobre vampiros. Ele pega muitos clichês do gênero e dá uma repaginada, se passando inclusive em tempos modernos. Os vampiros são lindíssimos e tem uma discussão interessante sobre a imortalidade e a solidão que a acompanha. Está em andamento com 1 volume e pretendo continuar colecionando;
  • Midnight Rain – a CTK (autora da obra) é relativamente conhecida no fandom fujin. Suas obras são muito bem construídas, com bons personagens, além de um desenho lindo! “Midnight Rain” tem personagens um pouco mais velhos, tem um ar um pouco diferente dos BLs que normalmente saem no Brasil e é um volume único que recomendo muito ^^ ;

Noeve Grafx

A Noeve Grafx é uma das editoras novas que começaram a lançar mangás na França em 2020 e chegando com tudo no mercado francês, entregando edições que são um verdadeiro PRIMOR e que você realmente fala: isso aqui é LUXO! Uma editora que sempre tenta entregar o melhor de cada série, indo atrás de itens, fazendo ao máximo ações especiais com seus autores. Da editora, eu tenho 2 títulos em mãos e mais a caminho (que devem chegar em Março!?):

  • Veil #3 – Collector Édition – Tenho os volumes #1 e #2? Não! Quero dizer, ainda não chegaram (deu um rolo na alfândega e não sei se vai voltar para a França ou não). Acontece que resolvi pegar logo o volume #3, pois essa edição era limitada e não queria ficar sem, ainda mais que não tive a oportunidade de comprar a versão limitada dos 2 primeiros encadernados. Esse volume 3 veio em uma caixa com soft touch, detalhes em hot stamping (dourado), além de 5 postais com ilustrações da autora + 2 cards e + 1 carta com uma mensagem dela para os leitores. Tudo isso com um acabamento primoroso! Sou completamente apaixonado em Veil desde que o Koda (amigo do blog e nosso “informante” da França) fez uma thread falando mais da série. Desde então, há mais de 1 ano, sou completamente sedento nessa história. Vocês podem conhecer um pouco mais do mangá nessa thread que deixarei linkada abaixo;
  • Don’t Call It Mystery #1 – esse é um dos, se não for ‘O Josei’ mais bem sucedido em publicação no Japão nos últimos anos. A obra é um completo sucesso em seu país de origem e bem, não podemos dizer o mesmo na França. Ele não está vendendo muito e isso é até “parte do histórico” da autora no Ocidente de forma geral. Enfim, estou curioso para saber mais do mangá. Como o nome sugere, ele é um mangá mais puxado para o mistério e suspense. Quero muito ver o que a Yumi Tamura nos oferece aqui. E vale dizer, a capa tem um detalhe muito legal de textura;

As compras na Lireka não são acessíveis para a grande maioria dos leitores, porém se você tem vontade de comprar algo lá e não consegue bancar 450 reais de uma vez, tentem achar amigos que morem mais próximo de você, pois assim vocês dividem o custo e talvez compense. Juntando 2-4 amigos, se cada um pegar 1 ou 2 mangás, já dá o valor mínimo exigido pela livraria. Escolham o endereço de alguém e quando chegar, é só enviar pelos Correios aos demais que participaram da compra. A quem interessar, o blog tem um cupom de 10% de desconto para a sua primeira compra na livraria:

PAR-9J7FQL3


E como deu para notar, a grande maioria dos mangás que comprei/compro são Shoujos/Joseis. É porque pretendo comentar eles aqui no blog cedo ou tarde para fins de divulgação. Apenas ocasionalmente compro algo mais fora desse espectro, como foi com Oshi no Ko. Eu já fiz novos pedidos. Um deles deu problema na alfândega, porque o pacote foi danificado e o outro fiz algumas compras de pré-vendas no finzinho de Fevereiro. Lá para meados de Junho ou Julho eu devo fazer mais uma nova postagem compilando minhas comprinhas internacionais.

Para finalizar, aos que querem saber, quantos e quais mangás em francês eu tenho em mãos até agora? Segue a listinha:

  • A sign of affection #1 à #4;
  • À tes côtés #1;
  • Comme les autres #1;
  • Don’t Call It Mystery #1;
  • FANGS #1;
  • Faraway Paladin #1;
  • Goodbye my Rose Garden #1;
  • Le Requiem du Roi des Roses #1 e #2;
  • Les Chroniques d’Azfaréo #1;
  • Midnight Rain;
  • Oshi no Ko #1 e #2;
  • Perfect World #1;
  • Switch me On #1;
  • Veil #3;
  • Yona la princesse de l’Aube #1 e #2;
  • You’ve Gotta Love Song.

São 22 volumes ao todo! E para quem quiser saber com maior facilidade o que estou comprando, fiquem de olho na minha página no Manga Collec, um site francês de catalogação da coleção. Sempre que compro algo, eu atualizo por lá. É isto. Obrigado por lerem ^^.

Autor

Deixe um comentário